x
x
Linkedin Instagram

Mídias

  • 24 junho 2024

Setor com ativo imobilizado alto terá alíquota maior

Veículo: Valor Econômico. João Paulo Muntada Cavinatto, sócio da nossa prática de Tributário, analisa em entrevista o segundo projeto de regulamentação da reforma tributária, o PLP 108/24. A proposta prevê que empresas com grande ativo imobilizado que hoje não pagam ICMS, como as dos setores de saneamento básico e saúde, não poderão usar créditos sobre investimentos realizados.

O especialista destaca que, sem o crédito do ativo imobilizado, há um tratamento anti-isonômico até mesmo em comparação com novos entrantes no mesmo setor, uma vez que eles poderão creditar ativos adquiridos depois que a reforma entrar em vigor. Leia a reportagem na íntegra aqui: https://lnkd.in/d7sVWug3 (disponível para assinantes).

Tem alguma dúvida? Entre em contato com a nossa equipe marketing@lefosse.com


Voltar

Newsletters

Inscreva-se e receba nossos conteúdos.

Cadastre-se

Eventos
Conheça
em breve
nosso calendário!